Como as redes sociais podem auxiliar o empreendedorismo

As redes sociais são, definitivamente, transformadores do comportamento coletivo na atualidade. Seu uso como ferramenta de contato, ultrapassou todas as barreiras previsíveis da multiplicação e replicação da informação, trazendo à luz pessoas e serviços antes desconhecidos.

Na publicidade, elas são vistas como uma enorme revolução na divulgação, geração e comunicação de conteúdo, e por isso, tornaram-se uma preciosa ferramenta de marketing. O Brasil hoje é o segundo país com maior número de acessos, perdendo apenas para os Estados Unidos. A análise no número de interações nas redes mostra seu potencial e força, que podem, e devem, ser utilizadas, não só para entretenimento e informação, como para o desenvolvimento e divulgação de ideias e projetos.
Com o acelerado aumento do empreendedorismo e o desenvolvimento de pequenas e médias empresas e trabalhos autônomos, muito por conta da crise que o país atravessa e que gerou expressivo aumento no número de desempregados no trabalho formal, de carteira assinada, as redes sociais se mostraram como um meio de divulgação gratuito e de alcance surpreendente.

Além do uso pelo pequeno empresário e empreendedor, a facilidade de replicação de informação é usada por clientes de grandes empresas para divulgação, promoção e, principalmente, reclamação e denúncia. Com a rápida visibilidade e possibilidade de compartilhamento, a população percebeu que, ao compartilhar nas redes, a resposta era muito mais rápida. Com isso, as empresas e os prestadores de serviços precisaram se adaptar a essas ferramentas para explorarem melhor suas potencialidades.
Para o sucesso do uso das redes sociais como ferramenta de marketing, é necessário que se estabeleça um plano de ação. Algumas ações são: o constante compartilhamento de informações e novidades; a rápida resposta aos contatos dos clientes; o monitoramento do que é falado sobre a marca; a pesquisa por clientes potenciais; a inserção de promoções e prêmios pra quem interage na rede; o incentivo ao compartilhamento do conteúdo; o lançamento prévio e a oferta de exclusividades para seguidores; a conexão com pessoas influentes do meio no qual trabalha; a contínua atualização das redes e extremo cuidado no conteúdo que é postado.

Importante dizer que este cenário está intimamente ligado à mobilidade adquirida com o uso de smartphones e tablets.

O permanente acesso por meio desses dispositivos facilita o acesso e gera melhores resultados. O consumidor tem a palavra final e mais força que nunca, podendo levantar ou derrubar uma marca. Para conquistar e fidelizar o cliente, o negócio precisa oferecer um diferencial, uma recompensa, que pode ser desde a criatividade, excelência no atendimento a preços verdadeiramente competitivos.

Saiba mais: http://bit.ly/2gZ2mNp

 

 

Author: VLBrazil