Conheça a história da incorporadora JHSF

Criada nos anos 70 pelos empresários Fábio Auriemo e José Roberto Auriemo com mais dois sócios, a empresa à princípio se chamava JHS e tinha como foco a área da construção. Décadas mais tarde, já nos anos 90, Fábio e José Auriemo começaram a discordar sobre o rumo que a corporação deveria seguir e, por esse motivo, encerraram a sociedade que possuíam. Desse momento em diante, a JHS ganhou uma letra a mais em seu nome, passando a se chamar JHSF, tendo o executivo Fábio Auriemo no posto de presidente.

Após assumir essa posição, Fábio Auriemo optou por investir no mercado da incorporação, um segmento que estava se desenvolvendo bastante na época. Essa estratégia foi importantíssima para o sucesso da empresa nos anos seguintes, tendo em vista que, atualmente, cerca de 90% da receita líquida da empresa vem da área da incorporação. Como consequência, a JHSF iniciou parcerias com empresas terceirizadas do ramo de construção para desenvolver projetos em conjunto.

Para fazer esse formato de parceria dar certo, a empresa utiliza a prática do “preço máximo garantido”, um método através do qual existe um controle maior sobre o orçamento destinado a cada projeto. Desse modo, é estabelecido um valor no início das negociações e, caso a construtora supere esse valor previamente acordado em contrato, ela passa a ser a única responsável por arcar com o valor excedente.

Assim que a empresa se direcionou de modo praticamente exclusivo a área da incorporação, o primeiro passo consistiu nos projetos que envolviam estabelecimentos comerciais. Em seguida, ao ter mais experiência e domínio sobre esse mercado, a incorporadora começou a investir em projetos para a construção de shopping centers, um setor que crescia rapidamente, participando assim da concepção de centros comerciais como o Shopping Metrô Santa Cruz e o Shopping Cidade Jardim.

Em relação ao Shopping Cidade Jardim, este é um dos estabelecimentos do complexo Parque Cidade Jardim, um projeto marcante para a JHSF, pois consistiu no passo mais importante da empresa no mercado de luxo. Composto por edifícios comerciais, torres residenciais, hotel cinco estrelas, academias e restaurantes, o Parque Cidade Jardim foi construído em uma grande área de cerca de 80 mil metros quadrados e se tornou um dos complexos de luxo mais importantes da capital paulista, trazendo assim um lucro acima do esperado para a empresa.

Quem apostou na construção do Parque Cidade Jardim foi o empresário José Auriemo Filho, o filho de Fábio Auriemo e atual presidente da JHSF. Mesmo com vários especialistas se posicionando contra o projeto, o empresário apostou em uma tendência de mercado que já existia em outras grandes metrópoles, que consiste na construção de complexos luxuosos bastante completos, no qual as pessoas possuem várias opções de atividades a curto alcance, tudo isso com máxima segurança e tranquilidade.

Além de seguir investindo no mercado de luxo, a JHSF continua ampliando as suas áreas de atuação, apostando ainda na incorporação de estabelecimentos para as camadas sociais baixa e média, tendo em vista que ambas tem demonstrado um potencial de crescimento interessante nos últimos anos.

 

 

Author: VLBrazil