Conheça mais sobre a atuação profissional de Luiz Carlos Trabuco Cappi no Bradesco

Ao longo de sua carreira, Luiz Carlos Trabuco Cappi ganhou duas vezes o prêmio de Personalidade de Seguros do Ano pelo trabalho que desempenhou a frente do Grupo Bradesco de Seguros e Previdência. Com uma boa visão de mercado, espírito de liderança e dedicação, o executivo levou a empresa ao patamar das maiores seguradoras do Brasil.

A primeira vez que o executivo venceu a premiação ocorreu em 2003, pouco tempo após ele assumir o cargo máximo no grupo, enquanto o segundo prêmio veio quatro anos depois, em 2007. Com uma carreira de mais de trinta anos dentro da Organização Bradesco, o nome dele foi selecionado para assumir o cargo devido a sua vasta experiência na área bancária, a qual pôde ser aplicada também no setor de seguros.

Sobre o futuro do mercado de seguros, Luiz Carlos Trabuco Cappi destacou na época em que venceu o prêmio que esse segmento possuía um grande potencial para crescer, em função da importância que exerce para o governo na tentativa de melhorar o bem-estar social. Desse modo, o executivo já previa no início dos anos 2000, motivado pelo bom momento da economia brasileira, que essa área cresceria rapidamente no país.

Após cursar Filosofia na Universidade de São Paulo (USP), Luiz Carlos Trabuco Cappi começou a trabalhar para a instituição bancária, escalando os níveis hierárquicos da empresa com o passar dos anos. Apesar de muitos não saberem, o executivo foi determinante para que o Cristo Redentor fosse eleito como uma das Sete Maravilhas do Mundo Moderno, pois durante a votação, ele atuou como um dos idealizadores da campanha “Vote Cristo, ele é uma maravilha”, promovida pelo Bradesco Seguros e Previdência. Com um caráter carismático e popular, a campanha teve grande destaque midiático e foi fundamental para a escolha do Cristo Redentor.

Ao longo de sua extensa trajetória profissional, o executivo também já esteve a frente da Associação Internacional de Estudos da Economia do Seguro, que fica na cidade de Genebra, já foi presidente da Comissão Nacional de Marketing Financeiro da Federação Brasileira das Associações de Bancos (Febraban) e da Associação Nacional da Previdência Privada (Anapp).

No segmento de seguros do banco, o comando de Luiz Carlos Trabuco Cappi revolucionou o setor, sendo responsável por trazer novas ideias e estratégias de mercado. Nesse período, a área de seguros passou a representar cerca de 30% do lucro líquido da empresa, um marco substancial, resultado da dedicação incondicional do executivo e de toda a sua equipe.

Esse trabalho de destaque foi o que motivou o grupo de acionistas do banco a escolher Luiz Carlos Trabuco Cappi para assumir a presidência da organização no ano de 2009, em substituição ao então presidente Márcio Cypriano. A partir de então, ele modificou as metas e prioridades da empresa, alterando o foco para a satisfação dos correntistas e aprimorando os serviços e a qualidade das agências. Ao agir dessa forma, a instituição ganhou valor de mercado e voltou a disputar a liderança entre os bancos privados que atuam no país.

 

 

Author: VLBrazil