Conheça o Smart Track, protocolo utilizado pela Rede D’Or São Luiz, que gerencia o Copa Star

Imagine diminuir o tempo de atendimento de 2 horas (contando a espera) para apenas 20 minutos? É possível com o smart Track, um protocolo de atendimento adotado pela rede D’OR São Luiz e que diminui sensivelmente o tempo de espera e a eficiência dos tratamentos aos pacientes não – graves. Saiba mais.

O Smart Track é um modelo de atendimento em que um clínico geral substitui o enfermeiro no momento da triagem. Dessa forma o diagnóstico é mais apurado e parte do problema pode ser resolvido ali mesmo.

Caso não seja possível terminar o atendimento na fase inicial, todas as informações são armazenadas e passadas para o próximo especialista que dará continuidade ao atendimento. O sistema disponibiliza todas as informações do paciente para que a próxima equipe saiba exatamente seu quadro clínico.

O Smart Track é baseado nos modelos de produção lean manufacturing utilizados nas fábricas. Ele consiste em diminuir os desperdícios ao longo da cadeia produtiva, são eles: tempo, super produção, logística, excesso de processamento, estoque, movimento e defeitos.

A filosofia é diferente do modelo adotado pela maioria dos hospitais brasileiros, que atualmente é baseada no sistema Manchester, cuja triagem é feita pelo enfermeiro e leva em conta o nível de gravidade do paciente.

A falha está em justamente no retorno do paciente para a recepção para aguardar o chamado do especialista. No sistema Smart Track, 80% da demanda emergencial pode ser solucionada na triagem, diminuindo a quantidade de pacientes que seriam atendidas pelo especialista, diminuindo o tempo de espera e a qualidade do tratamento.

A satisfação dos pacientes é outro benefício do sistema. A rede D’OR São Luiz investiu pouco mais de R$ 50 milhões, uma vez que exige uma estrutura tecnológica e um aumento de cerca de 10% no quadro de profissionais na emergência.

A rede D’Or São Luiz

Fundada em 1977, a rede D’OR São Luiz é a maior operadora independente de estabelecimentos hospitalares do país. Controla mais de 30 hospitais no país, com destaque para o Copa Star, Hospital e Maternidade Oeste D’Or, e o Caxias D’Or no estado do Rio de Janeiro; os Hospitais e Maternidades São Luiz, na capital paulista e o Hospital Santa Luzia em Brasília.

O atendimento impecável, modernidade e conforto são os principais pilares da rede D’Or São Luiz, que conta com uma equipe de colaboradores eficientes e comprometidas. Eles são capazes de realizar mais de 3,1 milhões de atendimentos de emergência e mais de 205 mil cirurgias por ano.

O Hospital Copa Star

Um dos mais novos lançamentos da Rede D’OR São Luiz, o Copa Star é referência em tratamento especializado, conforto e tecnologia. O hospital Copa Star está localizado em Copacabana no Rio de Janeiro e impressiona pelo alto padrão, sendo considerado um estabelecimento de saúde 5 estrelas.

Com 21 mil m² e 7 andares, o Copa Star dispõe de equipamentos modernos, equipe treinada e infraestrutura que pouco lembra um hospital e sim um hotel de luxo. A tecnologia é um dos referenciais do hospital que dispõe de um aplicativo exclusivo, em que o paciente pode mudar a iluminação do quarto, abrir e fechar as cortinas e acessar exames, juntamente com o especialista.

 

Author: VLBrazil