Meninos até 15 anos deverão receber a vacina de HPV

Image result for vacina hpv meninos

Atualmente a vacina é oferecida apenas para meninos entre 12 e 13 anos e meninas entre 9 e 14 anos de idade. O Ministério da Saúde pretende ampliar essa faixa etária

 

Um documento oficial preparado pelo Ministério da Saúde pretende aumentar a disponibilidade da vacina contra o HPV para meninos entre 11 e 15 anos de idade incompletos e pessoas portadoras do HIV entre 9 e 26 anos de idade. Essa ampliação na indicação da vacina, deve ser ainda maior do que o anunciado, sendo que a faixa etária entre as meninas também deverá aumentar e outros grupos de pacientes também se beneficiarão da imunização. Uma reunião entre secretários estaduais e municipais na saúde, definirá sobre os novos grupos.

O HPV que significa Papiloma vírus humano, existe por volta de 200 tipos de HPV, sendo que até hoje 150 já foram mapeados geneticamente.

O último gasto do Ministério da Saúde foi de R$288 milhões sendo adquiridas 6 milhões de doses da vacina. A maior dificuldade enfrentada na imunização é levar a cobertura da vacina, e para dar uma driblada na resistência, o governo irá permiti ainda este ano que haja vacinação nas escolas e serão feitas campanhas em cima do assunto.

O vírus HPV é transmitido de pessoa para pessoa, através de contato com a pele ou mucosa infectada e também por meio de relação sexual sem preservativo. Essa ampliação já estava nos planos do governo e no começo do ano o Ministério da Saúde já havia anunciado a intenção de ampliação dos grupos que recebem o imunizante.

Ao contrário do que era no ano passado onde a faixa etária de meninas que recebia a imunização era entre 9 e 13 anos, este ano foi ampliado para meninas até 14 anos. A vacina que é oferecida pelo SUS Sistema Único de Saúde para os meninos é quadrivalente, sendo a mesma oferecida para as meninas desde 2014, que protege contra quatro subtipos de doenças do vírus como 6, 11, 16 e 18 com uma eficácia de 98%.

O objetivo de proteger os meninos é a prevenção contra o câncer no pênis, de garganta e no ânus que são doenças que estão relacionadas com o vírus HPV. O câncer de garganta e boca é atualmente o sexto tipo de câncer mais diagnosticado no mundo chegando a 400 casos por ano e 230 mil mortes, sendo que em 90% de casos de câncer anal a infecção teve origem pelo HPV.

Entre as meninas, a vacinação tem o objetivo de proteger contra o câncer no colo do útero, vulva, vagina e anus, além de lesões como verrugas genitais, que são pré-cancerosas entre outras infecções causadas pelo HPV.

 

Veja também: Sete avanços que garantem maior segurança para a vida sexual feminina

 

 

Author: VLBrazil