Primeiro povo encontrado nas Américas se chamava tainos

Uma das perguntas mais inquietantes que podem surgir é quando a humanidade foi aparecer na América do Sul. Essa é uma pergunta que desperta muitas outras. Existem diferentes teorias que tentam datar a chegada no continente, algumas afirmam que isso aconteceu há quase 12 mil anos, e outras que dizem que foram há mais de 100 mil anos.

Uma descoberta recente no Brasil foi feita no sítio arqueológico de Santa Elina, a 80 km de Cuiabá, Mato Grosso. De acordo com os arqueólogos do Museu Nacional de História Natural da França, Denis Vialou e Águeda Vihena, a região da descoberta demonstra que já havia habitantes por pelo menos 27 mil anos.

As provas seriam a existência de mais de 300 objetos de pedra lascada, com serrilhados e retoques que apenas o homem poderia fazê-los. Desde 1995, Águeda está fazendo escavações na região da Serra das Araras. Outras evidências de presença humana são os vestígios de fogueira, constata Águeda.

Uma tripla raridade pode ser encontrada no sítio de Santa Elina, os vestígios comprovam que as ocupações humanas são pleistoscênicas, que têm um período de 2,588 milhões e 11,7 mil anos atrás. Essas descobertas são difíceis de ser encontradas, até o momento no centro do continente sul-americano, só houve esse local que foi descoberto.

Os adornos descobertos eram produzidos com ossos de preguiças-gigantes do gênero Glossotherium que já foi extinto, outra raridade da descoberta. No Brasil nunca haviam descoberto antes uma perfeita associação do homem com a megafauna extinta, pois existe uma confecção de objetos que são simbólicos com ossos da megafauna que foram modificados para se tornarem adornos.

Desde que Cristóvão Colombo chegou às Américas desembarcando no Caribe em 12 de outubro de 1942, existe uma discussão sobre a época em que os humanos começaram a povoar o continente americano.

Quem recebeu o desbravador dos mares foi um povo chamado de tainos, amigáveis habitantes da região. O navegador espanhol que estava à serviço da coroa espanhola pensou que eles fossem indianos, pois estava convicto de que tinha chegado à Índia, e permaneceu com essa certeza até a sua morte.

 

 

Author: VLBrazil