Você já ouviu falar em exoesqueleto?

Mais uma vez a evolução tecnológica nos aproxima de uma realidade vista apenas na ficção científica através de filmes futuristas e, felizmente, tal evolução vem sido direcionada para nosso bem-estar.

Recentemente, cientistas da da universidade italiana Scuola Sant’Anna e da escola politécnica suíça EPFL. , desenvolveram um aparelho que promete facilitar a vida de pessoas com mobilidade comprometida por fatores externos ou pela terceira idade, tendo em vista que estes grupos estão constantemente propensos à quedas e outros acidentes relacionados ao desequilíbrio.

O adereço robótico já foi apresentado

A Organização Mundial da Saúde já havia relatado que o perigo presente nas quedas, naturalmente mais comuns quando se atinge a velhice, são responsáveis por maos de 400 mil mortes ao longo dos anos e outros quarenta milhões exigem cuidados médicos,sendo motivo de preocupação para as famílias que precisam redobrar os cuidados com os vovôs e vovós.

Portanto, o Órtese de Pelve Ativa ou APO(Active Pelvis Orthosis)como é chamado, pode ao seu tempo, ser um gerador de confiança e segurança aos usuários e um pouco mais de tranquilidade para as famílias.

COMO FUNCIONA

O aparelho funciona como um esqueleto externo e ao estar conectado ao corpo,através de um cinto ajustável pesando mais ou menos 5kg, previne o desequilíbrio ao estabilizar o corpo diante de um possível tombo, enquanto seus sensores identificam e ativam motores que dão força aos membros que saíram do padrão natural de locomoção.

O exoesqueleto obteve um desempenho que correspondeu perfeitamente às expectativas; o que nos proporciona uma esperança diante dos vários casos de acidente que culminam na dificuldade de caminhar naturalmente, além – é claro- dos casos que acometem os idosos.

Testes foram realizados também em pessoas portadoras de amputação e estas reagiram bem durante todo o processo, que consiste em caminhada sobre uma esteira que simula declives inesperados, forçando o exoesqueleto a retomar o equilíbrio em tempo hábil.

ESPERANÇA

É cada vez mais notório a evolução da tecnologia e sua procupação com o bem-estar do ser humano. É também cada vez mais evidente o quão longe a ciência pode seguir quando tenciona atingir sua meta. Resta, então manter a esperança na criação de mais dispositivos que ajudem cada vez mais pessoas.

 

 

Author: VLBrazil